Archive for junho, 2017

APOCALÍPTICA

sábado, junho 10th, 2017

**  Apocalíptica: busca de um tempo sem fronteirasAirton José da Silva

**

REVISTA

APOCALÍPTICA – EDITORIAL – RIBLA – 1990

A Leitura Popular da Bíblia hoje em dia na América Latina está resgatando positivamente a literatura apocalíptica e reinterpretando-a a partir de uma perspectiva histórica e libertadora. A Teologia Apocalíptica é apropriada

  • ·        como teologia politica,
  • ·        como teologia da esperança,
  • ·        como teologia da história.

A apocalíptica surge em períodos de perseguição para animar a esperança do povo de Deus; O apocalipse anuncia a juízo de Deus que põe fim a crise que o povo sofre e anuncia a chegada iminente do Reino de Deus na história; O apocalipse descobre a realidade de Deus na história que é a realidade do povo pobre de Deus; o apocalipse é a momento da verdade e da justiça. Nesse sentido a apocalíptica é a esperança dos oprimidos.

A apropriação da literatura apocalíptica exige um estudo exegético e um discernimento histórico. Há muita literatura apocalíptica “extra-terrestre”, com uma linguagem e simbologia extravagante e confusa. Mas há também a apocalíptica histórica, cuja mensagem libertadora é possível reconstruir a partir da analise literária, exegética e histórica. Uma primeira lista desta literatura apocalíptica histórica seria a seguinte:

- Daniel (1-12)

- Livro dos Sonhos de Enoc (1En 83-90).

- Apocalipse das Semanas (1En 93,1-10 + 91,11-17)

- Livro dos Jubileus (esp. 23,16-32)

- Judite

- Da literatura de Qumran: Documento de Damasco (CD),

       Regra da Comuniclade (1QS), Rolo dos Hinos (1QH).

- Testamento de Levi

- Testamento de Moisés (Assunção de Moisés)

- Salmos de Salomão

- Livro 3 dos Oráculos Sibilinos

- Adições ao livro de Ester

- 2Enoc

- 3Macabeus

- Sabedoria de Salomão

- 2Baruc (ou Apocalipse Baruc Siríaco)

- 4Esdras

- Apocalipse de Abraão

- 3Baruc (ou Apocalipse Baruc Grego)

- Apocalipse de João (canônico do NT)

 

         Já com esta lista termos todo um programa de estudo. Com a edição de Alejandro Diez Macho dos Apócrifos do Antigo Testamento (Madrid, Ediciones Cristiandad, 5 volumes publicados de 1984 em diante), este estudo da literatura apocalíptica de caráter histórico se torna já possível e produtivo. Nesta lista destacamos os livros de Daniel (1-12) e Apocalipse de João, que são os dois apocalipses canônicos mais elaborados e que marcam o horizonte visível da literatura apocalíptica. Esta literatura, por sua vez, é o testemunho visível de muitos e variados movimentos apocalípticos. Estes movimentos e essa literatura, desde Daniel até o Apocalipse, é o contexto histórico, cultural, religioso, teológico e espiritual dentro do qual surgirão o movimento de Jesus e a primeira missão apostólica. Cada dia se descobre mais o pano de fundo apocalíptico de Jesus e de Paulo.

 

A literatura apocalíptica tem, como contexto histórico fundamental, a confrontação Povo de DeusImpério. Não se trata tanto de um confronto político-militar e sim de uma confrontação cultural, ética, espiritual e teológica. O Império idolátrico e assassino se defronta com o Povo de Deus, que procura construir o Reino de Deus aqui na terra. Os que estão com o Império, estão contra o Reino de Deus. Os que estão com o Reino, estão contra o Império. O Reino de Deus, realidade espiritual e teológica, adquire na apocalíptica uma radical densidade histórica e politica. Por isto mesmo a apocalíptica adquire tanta importância hoje em dia na América Latina, especialmente nas Comunidades Eclesiais de Base. Também hoje os cristãos se defrontam com o Império,

  • ·        com sua cultura consumista, individualista e espiritualista;
  • ·        com sua ética da morte e da mentira;
  • ·        com sua espiritualidade fetichista e idólatra.

Contra o Império as Comunidades assumem o projeto do Reino do Deus.

A apocalíptica é, sobretudo, uma “reconstrução do céu”. Quando a terra parece destruída e ameaçada de morte, quando as maiorias pobres e oprimidas são cada dia mais excluídas das possibilidades da vida, então se torna imperioso reconstruir na consciência o projeto de Deus, esse mistério de Deus, oculto aos poderosos, mas revelado aos humildes (Mt 11,25-26). A apocalíptica é a conquista da consciência (a reconstrução do céu), para a transformação da terra. Quando a destruição da vida é tão intensa, o povo de Deus necessita de apocalipse, de revelação, para ter claro onde Deus está e onde está o demónio nesta nossa história. A revelação vai contra o ocultamento; o apocalipse é o contrário da ideologia. O que o Império oculta, a apocalíptica revela, mas revela aos pobres, aos oprimidos pelo Império.

Outro aspecto da apocalíptica que a torna importante no hoje da América Latina é sua concepção da escatologia. Na apocalíptica de tipo histórico, o escatológico é que põe fim a uma situação de crise e sofrimento do povo. O escatológico não é fundamentalmente o que está no final da história, mas a que na história põe fim a crise que o povo sofre. O juízo de Deus, que destroi os Animais-Impérios e dá todo o poder ao povo dos santos (cf.  Dn 7) é que põe fim à crise. O que vem depois da crise é o Reino de Deus, realidade oposta, dentro da história, ao poder dos Impérios. Nasce assim uma escatologia histórica, que anima a esperança do povo em sua luta contra os impérios e pelo Reino de Deus.

Neste número de RIBLA apresentamos 7 artigos que nos introduzem nesta leitura popular e libertadora da literatura apocalíptica.

1.   O primeiro artigo, de Severimo Croatto, Apocalíptica e esperança dos oprimidos, tem um caráter introdutório e nos introduz especialmente no contexto sócio-político e cultural do gênero apocalíptico.

2.   O segundo artigo, de Pablo Richard, O Povo de Deus contra o Império, é um estudo do contexto literário e histórico de Daniel, capitulo 7. Procura também introduzir, com um exemplo concreto, na literatura apocalíptica com uma chave libertadora.

3.   O terceiro artigo, de Néstor Miguez , Para não ficar sem esperança, é um estudo da apocalíptica em Paulo, no caso concreto da Primeira Carta aos Tessalonicenses.

4.   O quarto artigo, de Dagoberto Ramírez, Compromisso e perseverança.Estudo sobre Marcos 13, é um estudo exegético e uma tentativa de leitura deste texto apocalíptico a partir da realidade das Igrejas da América Latina.

5.   O quinto artigo, de Jorge Pixley, versa sobre as perseguições, estuda o conflito de alguns cristãos com o Império como chave para entender a teologia apocalíptica.

6.   O sexto artigo, de Juan Snoek trata do difícil tema da ética apocalíptica. Aborda o tema a partir de Joel, capítulos 1 e 2.

7.   Por último, Uriel Molina nos oferece uma reflexão sobre o pequeno apocalipse de Isaias (Is 26,16-19) no contexto atual da Nicarágua.

Com todos estes artigos esperarmos ter contribuído para a leitura popular da apocalíptica em perspectiva latino-americana. Como o método tradicional de nossa revista, procuramos combinar a exegese mais rigorosa possível com o espirito e o trabalho de interpretação bíblica das Comunidades Eclesiais de Base. Cremos que nossa revista nasce dessa fecunda convergência entre ciência bíblica e prática profética de nossas comunidades cristãs. Convergência que se faz sobre a base do processo histórico de libertação dos pobres e oprimidos de nosso continente.

—————-

Tradução de Jaime A. Clasen

Pablo Richard Apartado 389, 2070 Sabanilla, San José, Costa Rica

**********************************

VEJA MAIS SOBRE APOCALÍPSES

 

************

ÍNDICE GERAL DO APOCALIPSE

Responsável por este trabalho:

Xavier Cutajar

xacute@uol.com.br       http://xacute1.com

 

 

FESTAS ESPECIAIS

sexta-feira, junho 2nd, 2017

CORPUS CHRISTI – ANO B

Marcos 14,12-16.22-26

A CEIA JUDÁICA

A CEIA DO SENHOR

 ** SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI – Ano B - Revista Pastoral – Aíla Luzia Pinheiro Andrade, nj

** SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI – Ano B – Dehonianos

** EUCARISTIA E CRISE – José Antonio Pagola

** SOLENIDADE DO CORPO E SANGUE DE CRISTO - Franciscanos - Pe Johan Konings sj

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Texto – Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** CORPUS CHRISTI: COMUNHÃO COM CRISTO, COMUNHÃO COM O UNIVERSO -  Pe Adroaldo Paraolo

** CORPO E SANGUE DE JESUSCRISTO - Marcel Domergue

** O DOM DE TODA VIDA DE JESUS - Enzo Bianchi

 

** A FESTA DA TRINDADE - Ana Maria Casarotti

** REFLEXÃO PARA SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE  – Ano B - Pe Francisco Cornelio F. Rodrigues

** COMENTÁRIO DO EVANGELHO – IHU-ADITAL

** HOMILIAS EM LINGUAS DIFERENTES - José Antonio Pagola

 

CORPUS CHRISTI – ano a

** SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO - Pe Johan Konings SJ

** SOLENIDADE DO CORPO E SANGUE DE CRISTO - Dehonianos

** SOLENIDADE DO CORPO E SANGUE DE CRISTO – José Antonio Pagola

 ** CORPUS CHRISTI – FESTA DO CORPOPe. Adroaldo Palaoro sj

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** CNBB estimula Jornada de Oração pelo Brasil por ocasião da Festa do Corpus Christi

01 – VIGILIA DE CORPUS CHRISTI - 2010-livrinho

02 – CANTOS – CORPUS CHRISTI – GERAL

03 – SEQUÊNCIA DE CORPUS CHRISTI

04-ROTEIRO DA CHEGADA DO SANTISSIMO-2017

05-APRESENTAÇÃO DA ENCÍCLICA SOBRE A EUCARISTIA-Pe. Pio MILPACHER

06-ECCLESIA DE EUCHARISTIA – ENCICLICA de João Paulo II

07-EUCARISTIA-O Papa Joao Paulo II aos bispos brasileiros

08-A EUCARISTIA E O SACRIFICIO – Jose Haical Haddad

09-Eucaristia – Pe Cilto

10-REPARTIR O PAO – Dom Luciano Mendes de Almeida

11-COMUNHAO HOLISTICA – GONGRESSO EUCARISTICO – Frei Betto

12-A FESTA DO CORPO – Frei Betto

13-CORPO COSMICO – Frei Betto

14-A DIVISAO DOS PAES – PEDRO SIMON-00

15-PAO NOVO – Pe. Charles

16-EUCARISTIA E O SINAL DA NOVA ALIANCA DE DEUS COM OS HOMENS – Pe. Lucas Almeida

17-ORIGEM E HISTORIA DE CORPUS CHRISTI

18-ULTIMAS ORDENS – Pe. Charles

19-TERRA, CORPO DE DEUS – Leonardo Boff

20-CORPUS CHRISTI-Mensagem

21-A CELEBRAÇÃO DO CORPO DE CRISTO – Marcelo Barros

 

22-CONGRESSOS EUCARISTICOS

 

jornada-de-oracao pela paz-1

FESTA DA NATIVIDADE DE JOÃO BATISTA

 EVANGELHO

Evangelho: Lc 1,57-66.80

** SOLENIDADE DA NATIVIDADE DE JOÃO BATISTA -  Franciscanos – Pe Johan Konings sj

** SOLENIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA - Revista Pastoral – Aíla Luzia Pinheiro Andrade, nj

** SÃO JOÃO BATISTA - Dehonianos

** CHAMADO PELO NOME NO FLUXO DA VIDA - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** JOÃO, O SENHOR FAZ GRAÇA - Enzo Bianchi

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Texto – Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Vídeos no YoufTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DA NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA-Lc 1, 57-66.80 - 

** NASCEMOS COM O DNA DA FESTA – Marcelo Barros

 

 

29 de Junho – São Pedro e São Paulo, Apóstolos

MATEUS 16,13-19

** 13º Domingo do Tempo Comum – Ano A - Dehonianos

** 13º DOMINGO DO TEMPO COMUM - José Antonio Pagola

** FESTA DE SÃO PEDRO E PAULO - Dehonianos

** FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO - José Antonio Pagola

** FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO - Aíla L. Pinheiro de Andrade, nj

** HOMILIA DO PAPA FRANCISCO NA FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO – 2017

** HOMILIA DO PAPA FRANCISCO NA SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E PAULO – 2016

** FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO - Frei Ludovico Garmus, ofm

** REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO – MATEUS 16,13-19 - Pe. Francisco Cornelio F. Rodrigues

** IDENTIDADA DES-VELADA A SERVIÇO DA VIDA Pe. Adroaldo Palaoro sj

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** VIDAS ENTREGUES - Ana Maria Casarotti

**Veja o que é  O REINO DE DEUS – José Antonio Pagola

 

 

SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

 EVANGELHO

Evangelho: Mt 16,13-19

** SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO -  Franciscanos – Pe Johan Konings sj

** SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO - Revista Pastoral – Pe Johan Konings sj

** SÃO PEDRO E SÃO PAULO – APÓSTOLOS - Dehonianos

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Texto – Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Vídeos no YoufTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DE SAÕ PEDRO E SÃO PAULO - Mt 16,13-19 - 

** QUANDO JESUS É ROCHA EM NOSSO INTERIOR - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** A MORTE NÃO PODERÁ SOBRE ELA - Ana Maria Casarotti

** DUAS HISTÓRIAS QUE NARRAM UM MISTÉRIO - Emanuele

** SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO - Revista Pastoral – Pe Johan Konings sj

** SÃO PEDRO E SÃO PAULO – APÓSTOLOS - Dehonianos

** A MORTE NÃO PODERÁ SOBRE ELA - Ana Maria Casarotti

** DUAS HISTÓRIAS QUE NARRAM UM MISTÉRIO - Emanuele

06 Agosto 2017 – TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR – ANO A

MATEUS 17,1-9

 TRANSFIGURACAO

** 6 de Agosto 2017 – TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR - Dehonianos

** 6 de Agosto 2017 – TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR - José Antonio Pagola

** NÃO CONFUNDIR NINGUÉM COM JESUS - José Antonio Pagola

** 6 de Agosto 2017 – TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR - Aíla L. Pinheiro de Andrade, nj

** REFLEXÃO PARA A FESTA DA TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR (MATEUS 17,1-9) - Pe. Francisco Cornelio F. Rodrigues

** O RISCO DE TRAZER JESUS PARA O BURACO - Frei Gustavo Medella

**  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** “A LUZ DA NUVEM ESCURA” -  Pe Johan Konings

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antônio Geraldo dalla Costa

**  FOI TRANSFIGURADO DIANTE DOS DISCÍPULOS - Enzo Bianchi

**  TUA LUZ ILUMINE NOSSO CAMINHAR - Ana Maria Casarotti

** “ESTE É O MEU FILHO, BEM-AMADO” - Marcel Domergue

 

 

 

FESTA DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA – 15 de Agosto de 2017

Lc 1,39-56

Assuncao de Maria - Attard1

ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

Lc 1, 19-36

** ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA - Revista Pastoral – Pe Johan Konings sj

** SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA - Denonianos

** MAGNIFICAT: A MÃE GLORIOSA E A GRANDEZA DOS POBRES -  Franciscanos – Pe Johan Konings sj

** SEGUIDORA FIEL DE JESUS - José Antonio Pagola

** MULHERES DE FÉ - José Antonio Pagola

**  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** ASSUNÇAO: A PLENITUDE DO ENCONTRO - Pe. Adroaldo Palaoro sj

**ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA – 20 de agosto - Aíla L. Pinheiro de Andrade, nj

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** UM CAMINHO A PERCORRER - Ana Maria Casarotti

** REVESTIDOS DE SOLICITUDE - Salvatore

** REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DE MARIA – Lc 1,39-46  -  

** SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA - Denonianos

** SEGUIDORA FIEL DE JESUS - José Antonio Pagola

** MULHERES DE FÉ - José Antonio Pagola

**  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

**ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA – 20 de agosto - Aíla L. Pinheiro de Andrade, nj

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** UM CAMINHO A PERCORRER - Ana Maria Casarotti

** REVESTIDOS DE SOLICITUDE - Salvatore

 

 

FESTA DE NOSSA SENHORA PARECIDA

12 DE OUTUBRO

**  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

 

Comemoração de Todos os fiéis Defuntos – 2 de Novembro 2017

** FINADOS - Dehonianos

** FINADOS – NAS MÃOS DE DEUS - José Antonio Pagola

**  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** MORRER, UM ATO PROFUNDAMENTE HUMANO - José Lisboa Moreira de Oliveira

** FINADOS - Dehonianos

** ASSIM NA VIDA COMO NA VIDA - Pe. Adroaldo Palaoro sj

 

SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS

** SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS - Dehonianos

** SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS - Aíla L. Pinheiro de Andrade, nj da Revista Pastoral

** A COMUNHÃO DE TODOS OS SANTOS - Pe Johan Konings sj

**REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS – MATEUS 5,1-12a - Pe. Francisco Cornelio F. Rodrigues

** REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS – MATEUS 5,1-12 - Pe. Francisco Cornelio F. Rodrigues

**  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** UMA FELICIDADE DIFERENTE - Ana Maria Casarotti

** SANTIDADE: PRESENÇA MISERICORDIOSA -  - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS -2018

EVANGELHO – Mateus 5,1-12

A COMUNHÃO DOS SANTOS

** SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS - Dehonianos

** SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS - Revista Pastoral - Zuleica Aparecida Silvano

** A COMUNHÃO DE TODOS OS SANTOS - Pe Johan Konings sj

** BEM AVENTURANÇAS: UMA PROVOCAÇÃO AO MUNDO - Pe. Adroaldo Palaoro sj

** UMA FESTA DE ALEGRIA - Marcel Domergue

**REFLEXÃO PARA A SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS – MATEUS 5,1-12a - Pe. Francisco Cornelio F. Rodrigues

** UMA FELICIDADE DIFERENTE - Ana Maria Casarotti

** HUMANAMENTE SANTOS - Ir Luciano

** TODOS OS SANTOS - Revista Pastoral – Rita Maria Gomes, nj

** BUSCANDO NOVAS ÁGUAS - Pe Antônio Geraldo dalla Costa

** BUSCANDO NOVAS AGUAS - Vídeos no YouTube –  Pe Antôn Geraldo dalla Costa

** AS BEM-AVENTURAMÇAS DO POVO SOFRIDO - Marcelo Barros

** PAI NOSSO DOS MÁRTIRES - veja no Youtube

Pai nosso dos pobres marginalizados!
Pai nosso dos mártires, dos torturados!Teu nome é santificado naqueles que morrem defendendo a vida
Teu nome é glorificado quando a justiça é nossa medida
Teu reino é de liberdade, de fraternidade, paz e comunhão
Maldita toda a violência que devora a vida pela repressão
Ô ô ô ô, ô ô ô ô, ô ô ô ô, ô ô ô ôQueremos fazer Tua vontade, és o verdadeiro Deus libertador
Não vamos seguir as doutrinas corrompidas pelo poder opressor
Pedimos-Te o pão da vida, o pão da segurança, o pão das multidões
O pão que traz humanidade, que constrói o homem em vez de canhões
Ô ô ô ô, ô ô ô ô, ô ô ô ô, ô ô ô ôPerdoa-nos quando por medo ficamos calados diante da morte
Perdoa e destrói os reinos em que a corrupção é a lei mais forte
Protege-nos da crueldade, do esquadrão da morte, dos prevalecidos
Pai nosso revolucionário, parceiro dos pobres, Deus dos oprimidos
Pai nosso revolucionário, parceiro dos pobres, Deus dos oprimidos
Ô ô ô ô, ô ô ô ô, ô ô ô ô, ô ô ô ôPai nosso dos pobres marginalizados!
Pai nosso dos mártires, dos torturados!

*VIDAS PELAS VIDAS - veja no Youtube – Zé Vicente

Vidas pela vida (vidas pela vida)
Vidas pelo reino (vidas pelo reino)
Vidas pelo reino (vidas pelo reino)

Todas as nossas vidas (todas as nossas vidas)
Como as suas vidas (como as suas vidas)
Como a vida dele (como a vida dele)
O martir Jesus (O martir Jesus)

Vidas pela vida (vidas pela vida)
Vidas pelo reino (vidas pelo reino)
Vidas pelo reino (vidas pelo reino)

Da vida, da vida, da vi-i-da

**** VOLTA PARA LITURGIA