Archive for agosto, 2019

ODIAR

quinta-feira, agosto 29th, 2019

ODIAR

A- Rejeitar, ter ou fomentar inimizade, não amar…

B- Amar menos, não preferir.

ODIAR na 1ª Carta de João

1Jo 2,9 Quem afirma que está na luz, mas odeia o seu irmão,  ainda está nas trevas.

1Jo 2,11 Ao contrário, quem odeia o seu irmão está nas trevas: caminha nas trevas e não sabe aonde vai, porque as trevas lhe cegaram os olhos.

1Jo 3,13 Não estranhem, irmãos, se o mundo odeia vocês.

1Jo 3,15 Todo aquele que odeia o seu irmão é assassino, e vocês sabem que nenhum assassino permanece nele a vida eterna.

1Jo 4,20 Se alguém diz: «Eu amo a Deus», e no entanto odeia o seu irmão, esse tal é mentiroso; pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não poderá amar a Deus, a quem não vê.

 

Ver também:

MUNDO ; GNÓSTICOS ;

ENGANAR ;  ANTICRISTO ; FALSO PROFETA ;

MALIGNO ; DIABO ; ÍDOLOS ; MORTE

 

Veja ODIAR no Evangelho de João

2  Joa   15, 18|   odiar vocês, saibam que odiou primeiro a mim.
3  Joa   17, 14| tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não pertencem
18  Joa    7,  7|   odiar vocês. Mas o mundo me odeia, porque eu dou testemunho
19  Joa   15, 23|                    23 Quem me odeia, odeia também a meu Pai.
20  Joa   15, 23|             23 Quem me odeia, odeia também a meu Pai.
37  Joa    3, 20|             Quem pratica o mal, tem ódio da luz, e não se aproxima
4  Joa   15, 19|          que é dele. Mas o mundo odiará vocês, porque vocês não
6  Joa    7,  7|    mundo não tem motivo para odiar vocês. Mas o mundo me odeia,
7  Joa   15, 18|               18 «Se o mundo odiar vocês, saibam que odiou
3  Joa   15, 24que eu fiz, e apesar disso odiaram a mim e a meu Pai.
4  Joa   15, 25| está escrito na Lei deles: ‘Odiaram-me sem motivo’.~

 

ODIAR NO RESTO DA BÍBLIA

 

1   Dt    1, 27|     em suas tendas: «Javé nos odeia. Ele nos fez sair do Egito
 2   Dt    7, 10|       sem demora aquele que o odeia, retribuindo-lhe diretamente.
 3   Dt   16, 22|        porque Javé seu Deus a odeia.~
 4  2Sm   19,  7|       aqueles que o odeiam, e odeia aqueles que o amam. Hoje
 5   Jt    5, 17|     eles, porque o Deus deles odeia a injustiça.
 6  Est    8,12d|      , e de sua justiça que odeia o mal.~
 7   Sl   11,  5|      o justo e o injusto, ele odeia quem ama a violência; ~
 8   Sl   45,  8|       8  Você ama a justiça e odeia a injustiça: por isso o
 9   Pr   13, 24|         24 Quem poupa a vara, odeia o seu filho; mas aquele
10   Pr   15, 27|    sua própria casa, mas quem odeia o suborno viverá.~
11   Pr   26, 24|                       24 Quem odeia disfarça com a boca, mas
12   Pr   26, 28|         28 A língua mentirosa odeia a quem ela mesma fere, e
13   Pr   28, 16|    multiplica extorsões; quem odeia o lucro prolonga seus dias.~
14   Pr   29, 24|       24 O cúmplice do ladrão odeia a si mesmo: ele ouve a maldição,
15   Sb   14,  9|            9 Sim, porque Deus odeia tanto o idólatra como a
16 Eclo   33,  2|           2 O homem sábio não odeia a Lei, mas quem finge amá-
17   Is   37, 29|             29  que você me odeia e sua arrogância chegou
21   Rm    2, 22|     você mesmo o comete! Você odeia os ídolos, mas rouba os
22   Ef    5, 29|                    29 Ninguém odeia a sua própria carne; pelo
23  1Jo    2,  9|   afirma que está na luz, mas odeia o seu irmão, ainda está
24  1Jo    2, 11|         11 Ao contrário, quem odeia o seu irmão está nas trevas:
25  1Jo    3, 13| estranhem, irmãos, se o mundo odeia vocês.
26  1Jo    3, 15|            15 Todo aquele que odeia o seu irmão é assassino,
27  1Jo    4, 20|     amo a Deus», e no entanto odeia o seu irmão, esse tal é

 

1   Gn   26, 27|     vieram fazer aqui? Vocês me odeiam e me expulsaram».
 2   Ex   20,  5|        Deus ciumento: quando me odeiam, castigo a culpa dos pais
 3   Nm   10, 35|        se dispersem e os que te odeiam fujam da tua presença».
 4   Dt    5,  9|        Deus ciumento: quando me odeiam, eu castigo a culpa dos
 5   Dt    7, 10retribui diretamente aos que o odeiam: faz perecer sem demora
 6   Dt    7, 15|     você, mas para todos os que odeiam a você.~O povo de Deus não
 7   Dt   32, 41|      retribuirei àqueles que me odeiam.~
 8  2Sm   19,  7|        7 Você ama aqueles que o odeiam, e odeia aqueles que o amam.
 9  2Sm   22, 41|        e eu extermino os que me odeiam.~
10  2Cr   19,  2|      pode você amar aqueles que odeiam a Javé? É por isso que Javé
11  1Mc    9, 29|     esse Báquides e aqueles que odeiam o nosso povo.
12   Sl   34, 22|        morte do injusto; os que odeiam o justo serão condenados. ~
13   Sl   35, 19|         os olhos aqueles que me odeiam sem motivo! ~
14   Sl   38, 20| poderosos, são muitos os que me odeiam sem motivo, ~
15   Sl   41,  8|                    8  Os que me odeiam cochicham juntos contra
16   Sl   69,  5|     minha cabeça, são os que me odeiam sem motivo. ~Mais duros
17   Sl   69, 15|   afunde. Liberta-me dos que me odeiam e das águas sem fundo. ~
18   Sl   81, 16|                      16  Os que odeiam Javé o adulariam, e o tempo
19   Sl   83,  3|   inimigos se agitam, os que te odeiam levantam a cabeça. ~
20   Sl  120,  6|    muito que eu moro com os que odeiam a paz. ~
21   Sl  129,  5|     trás, envergonhados, os que odeiam a Sião. ~
22   Sl  139, 21|       odiaria eu aqueles que te odeiam? Não detestaria eu aqueles
23   Pr    8, 36|     mesmo, pois todos os que me odeiam amam a morte.~
24   Is   66,  5|       os irmãos de vocês que os odeiam e, por causa de mim, rejeitam
25   Lm    3, 52|       me como pássaro os que me odeiam sem motivo.~
26   Am    5, 10|                         10 Eles odeiam os que defendem o justo
27   Lc    1, 71|         mão de todos os que nos odeiam.~
28   Lc    6, 22|        de vocês se os homens os odeiam, se os expulsam, os insultam
29   Lc    6, 27| inimigos, e façam o bem aos que odeiam vocês.

 

1   Lv   19, 17|                       17 Não guarde ódio contra o seu irmão. Repreenda
 2   Nm   35, 20|      homicida empurrou a vítima com ódio ou atirou contra ela alguma
 3   Nm   35, 22|            a vítima sem querer, sem ódio, ou atirou contra ela alguma
 4   Nm   35, 23|           sem ter contra ela nenhum ódio ou intenção de causar-lhe
 5   Dt    9, 28|      prometido! Ele os fez sair por ódio, para matá-los no deserto!
 6   Jz   14, 16|            que você sente por mim é ódio. Você propôs uma adivinhação
 7  2Cr   18,  7|        consultar Javé. Mas eu tenho ódio dele, pois nunca diz coisas
 8  1Mc    2, 49|            um tempo de destruição e ódio violento.
 9  1Mc   13,  6|             as nações, movidas pelo ódio, se reuniram para nos esmagar».
10  2Mc    5, 23|             compatriotas. ~Cheio de ódio profundo contra os cidadãos
11  2Mc   13,  4|             reis, porém, provocou o ódio de Antíoco contra esse criminoso,
12   Sl   25, 19|       multiplicam e me detestam com ódio mortal. ~
13   Sl   35, 16|          mim, rangendo os dentes de ódio. ~
14   Sl  109,  3|             rodeiam com palavras de ódio, e me combatem sem motivo. ~
15   Sl  109,  5|          devolvem o mal pelo bem, o ódio em paga da minha amizade. ~
16   Sl  139, 22|                 22  Eu os odeio com ódio implacável! Eu os tenho
17   Pr   10, 12|                                12 O ódio provoca rixas, mas o amor
18   Pr   10, 18|             A boca sincera aplaca o ódio, mas quem espalha a calúnia
19   Pr   25, 23|         chuva e os mexericos trazem ódio.~
20   Pr   26, 26|                   26 Embora cubra o ódio com máscara, sua maldade
21  Ecl    2, 17|                       17 Fiquei com ódio da vida, porque tudo o que
22  Ecl    9,  1|       conhece nem sequer o amor e o ódio, embora isso tudo se desenvolva
23  Ecl    9,  6|                         6 Seu amor, ódio e ciúme se acabam, e eles
24 Eclo   19,  9|          oportunidade, lhe mostrará ódio.
25   Is   59, 18|            acordo com o que merece: ódio contra os seus adversários,
26   Jr   21,  5|             estendido, com ira, com ódio e com furor muito grande.
27   Lm    4, 11|             11  Javé libertou o seu ódio, derramou a sua ira,~em
28   Ez   16, 30|                              30 Que ódio que eu tinha de você - oráculo
29   Ez   20,  8|         eles, desafogar neles o meu ódio, dentro mesmo da terra do
30   Ez   20, 21|            eles, em desafogar o meu ódio contra eles no deserto.
31   Ez   23, 29|              29 Eles a tratarão com ódio. Pegarão para eles tudo
32   Ez   25, 15|        vingaram com a alma cheia de ódio, destruindo por causa do
33   Ez   35,  5|                     5 Você cultivou ódio eterno e entregou os israelitas
34   Ez   35, 11|           que você os tratou no seu ódio contra eles. E pela maneira
35   Dn    3, 13|          Nabucodonosor, com raiva e ódio, mandou buscar Sidrac, Misac
36   Am    1, 11|        raiva para sempre, guardando ódio eterno.
38   Gl    5, 20|           20 idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúme, ira,
39   Ef    2, 14|     derrubou o muro da separação: o ódio.
40   Ef    2, 16|             nela que Cristo matou o ódio.
41   Tt    1, 16|            atos, pois são cheios de ódio, desobedientes e incapazes
42   Tt    3,  3| perversidade e na inveja, dignos de ódio e odiando-nos uns aos outros.

 

  Mt   10, 22|          22 Vocês serão odiados de todos, por causa do meu
2   Mt   24,  9| e matá-los. Vocês serão odiados por todas as nações por
3   Mc   13, 13|          13 Vocês serão odiados por todos por causa do meu
4   Lc   21, 17|          17 Vocês serão odiados por todos, por causa do

 

1   Pr    9,  8| repreenda o zombador, porque ele odiará você. Repreenda o sábio,
2   Mt    6, 24|        dois senhores. Porque, ou odiará a um e amará o outro, ou
3   Lc   16, 13|        dois senhores, porque, ou odiará um e amará o outro, ou se

 

1   Dt   30,  7|   os inimigos, sobre os que odiaram e perseguiram você.
2   Jz   11,  7| porém, respondeu: «Vocês me odiaram e me expulsaram da casa

 

1   Pr    1, 22|    insensatos, até quando odiarão o conhecimento?
2   Mt   24, 10| escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros.

 

1   Gn   27, 41|            41 Esaú começou a odiar Jacó, por causa da bênção
2  Est    4,17s|    Volta o coração dele para odiar o nosso inimigo, para que
3   Pr    8, 13|            13 Temer a Javé é odiar o mal. Por isso, eu detesto
4  Ecl    3,  8| Tempo para amar e tempo para odiar. Tempo para a guerra e tempo
5 Eclo   28,  6|     se do seu fim, e pare de odiar. Lembre-se da corrupção
8   Ap   17, 16|     com a Besta, começarão a odiar aquela prostituta, a despojarão

 

6793   Mt    5, 43|           dito: ‘Ame o seu próximo, e odeie o seu inimigo!’
6794   Am    5, 15|                                    15 Odeiem o mal e amem o bem; restabeleçam
6795   Tt    3,  3|              inveja, dignos de ódio e odiando-nos uns aos outros.
6796   Sl  139, 21|                               21  Não odiaria eu aqueles que te odeiam?
6797   Sl  105, 25|             mudou o coração, para que odiassem o povo dele, e com os servos
6798   Sb   11, 24|               nada do que criaste. Se odiasses alguma coisa, não a terias
6799   Hb    1,  9|                  9 Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade. Por isso,
6800   Sb   12,  3|                                  3 Tu odiavas os antigos habitantes da
6801   Ml    1,  3|                                   3 e odiei Esaú. Eu fiz da montanha
6802 Eclo   10,  7|                         7 A soberba é odiosa para o Senhor e para o

 

1  Est    4,17u|    todas as coisas, sabes que odeio a glória dos ímpios, e que
2   Sl  101,  3|    diante dos meus olhos. ~Eu odeio quem pratica o mal; esse
3   Sl  119,128|   aprecio os teus preceitos e odeio o caminho da mentira. ~
4   Sl  139, 22|                     22  Eu os odeio com ódio implacável! Eu
5   Jr   44,  4|     essas abominações, que eu odeio».
6   Os    8,  5|                          5 Eu odeio o seu bezerro, ó Samaria;
7   Am    6,  8| detesto o orgulho de Jacó, eu odeio seus palácios. Vou entregar
8   Zc    8, 17|     falso testemunho, pois eu odeio todas essas coisas - oráculo
9   Ml    2, 16|                        16* Eu odeio o divórcio - diz Javé, Deus

 

1   Ml    1,  4condenado, Povo que Javé odiou para sempre».

 

1   Dt    4, 42|    sem premeditar, sem o ter odiado antes. Fugindo para uma
2   Dt   19,  4| involuntariamente, sem -lo odiado antes.
3   Js   20,  5|   não porque antes o tivesse odiado.
4   Pr   14, 17|    homem intrigante torna-se odiado.~
5   Sb   19, 13|      perversidade, por terem odiado cruelmente os estrangeiros.
6 Eclo   20,  5|      como sábio, e  quem é odiado porque fala demais.
7 Eclo   20,  8| procura se impor acaba sendo odiado.~O barato sai caro -*

 

1   Gn   34, 30|     arruinaram, tornando-me odioso para os cananeus e ferezeus
2  1Sm   13,  4|     Israel se havia tornado odioso para os filisteus. Então
3 Eclo   20, 15| Esse tipo de homem é sempre odioso.
4 Eclo   45, 18|    de Datã e de Abiram, e o odioso e violento bando de Coré.

 

1  1Mc   11, 40|    feito e como suas tropas o odiavam. E Trifão permaneceu
2   Sl   44,  8| envergonhavas aqueles que nos odiavam. ~
3   Lc   19, 14|    Seus concidadãos, porém, o odiavam, e enviaram uma embaixada

 

AS 7 IGREJAS DO APOCALIPSE

quinta-feira, agosto 29th, 2019

 

 

ÉFESO

A cidade de Éfeso atualmente se chama Selçuk, localizada na Turquia, perto da desembocadura do rio Caistro, na costa ocidental da Ásia Menor. A cidade tinha um porto artificial, mantido por meio de dragagem, que se localizava na extremidade leste do mar Egeu e servia de embarque em direção à Grécia e a Roma. Esse porto fazia de Éfeso um local estratégico, tanto militarmente como comercialmente falando, atraindo, assim, várias nações poderosas para a região.

Após os domínios imperiais persas, gregos e dos reis de Pérgamo, o Império Romano conquistou a cidade, estabelecendo-se aí. Em 129 a.C., a província romana na Ásia Menor teve como capital a cidade de Pérgamo. Éfeso, contudo, por sua posição geográfica, era a principal metrópole, pois ligava Grécia e Roma, por mar e por vias terrestres, com a maior parte da Ásia Menor. Muitas mercadorias e grande fluxo humano alimentavam o movimento e a riqueza dessa cidade. Na época do Novo Testamento, Éfeso, com cerca de 250 mil habitantes, era uma das cinco principais cidades no mundo greco-romano, estando entre as mais poderosas e prósperas.

Sua grandeza e prosperidade transpareciam nas construções e no movimento em seu interior. A metrópole ostentava muitos prédios e espaços importantes, como ginásios de esportes, templos, teatros, mercados, bibliotecas e um arco do triunfo. As escavações arqueológicas apontam monumentos esplêndidos das épocas grega e romana:

a) o templo de Ártemis, composto de mais de cem colunas de mármore, uma das sete maravilhas do mundo antigo;
b) um grande teatro, com capacidade para cerca de 24 mil pessoas em suas arquibancadas;
c) uma praça do mercado (ágora, do grego), com inúmeras lojas.

Uma cidade com uma população mista: egípcios, gregos, ítalos, sírios, judeus, entre outros. Essa diversidade se refletia também em sua multiplicidade cultural e religiosa. Além do templo de Ártemis, vários outros templos e santuários da era romana foram descobertos ali, como o santuário dedicado a Serápis, deus egípcio. As evidências indicam que em Éfeso havia grande variedade de cultos de diversas religiões, sem mencionar a presença de diferentes escolas filosóficas e de magos.

Prosperidade, grandeza, beleza, poder e diversidade faziam de Éfeso verdadeira cidade cosmopolita. Nela circulavam muitas pessoas e muitas mercadorias por via terrestre e marítima, em uma busca desenfreada de bens, poder, prazer e honra (helenização). Esse era o espírito do mundo greco-romano dos poderosos, chamado de Maligno em 1Jo 2,13. Ao mesmo tempo, a cidade apresentava os males da ganância, exploração, corrupção, violência, imoralidade, desigualdade, miséria, fome e morte em seu interior: “Pois tudo o que há no mundo – os maus desejos vindos da carne e dos olhos, a arrogância provocada pelo dinheiro – são coisas que não vêm do Pai, mas do mundo” (1Jo 2,16).

A grande massa de “imigrantes pobres e escravos” do Oriente Médio e das margens do Mediterrâneo chegou a Éfeso para ganhar a vida e sobreviver na cidade cosmopolita. Eram pessoas pobres e desenraizadas! Elas sofriam com a insegurança e a violência na periferia. Nessa cidade, a Boa-Nova de Jesus Cristo foi semeada e espalhada, enfatizando o amor ao próximo (cf. 1Jo 2,3-11).

Por Maria Antônia Marques do CBV em “Quem reconhece que Jesus Cristo veio na carne é de Deus” (1Jo 4,2). Introdução à primeira carta de João

GNÓSTICOS

quinta-feira, agosto 29th, 2019

 OS GNÓSTICOS

Na Primeira Carta de João – ver FALSO-PROFETA

Os GNÓSTICOS  propunham uma doutrina gnóstica,

  • que afirmava que o homem se salva graças a um conhecimento religioso especial e pessoal.
  • Eles negavam que Jesus era o Messias e
  • se gloriavam de conhecer a Deus, de amá-lo e de estar em íntima união com ele;
  • afirmavam-se iluminados, livres do pecado e da baixeza do mundo;
  • não davam importância ao amor ao próximo e talvez até odiassem e hostilizassem a comunidade.

O grupo fora rejeitado, mas algumas comunidades ficaram inseguras e confusas.

(Fonte: introdução da 1a carta de João da Bíblia Pastoral)

Esse grupo propõe um ensinamento gnóstico (gnosis, em grego, significa “conhecimento”), afirmando que a pessoa se salva graças a um conhecimento religioso e pessoal de Cristo Jesus, que é Espírito e portador da gnose, o conhecimento que salva. Pelo conhecimento, sem a prática, eles afirmam estar em íntima comunhão com Deus, serem iluminados e livres do pecado. Por isso, não estão empenhados no amor ao próximo e na prática da justiça (cf. 1 Jo 4,20-21).

Quando a primeira Carta de João foi escrita, a comunidade passava por uma crise, pois um grupo de cristãos dissidentes propunha uma doutrina estranha, que afirmava que o homem se salva graças a um conhecimento religioso especial e pessoal. Esse grupo negava que Jesus fosse o Messias. Ele não dava valor ao amor ao próximo, pois dizia que a comunhão consiste, sobretudo, no conhecimento intelectual (gnose, como se dizia na língua grega). Por isso, os que promoviam esta teoria eram chamados de gnósticos. (Pe Telmo)

Ver

FALSO-PROFETA ; ANTICRISTO ; MALIGNO ; DIABO ;

ÍDOLOS ; MUNDO ;  ODIAR ;  ENGANAR ;  MORTE

Veja também OS GNÓSTICOS NO SITE DA OPUS DEI

MANTO

terça-feira, agosto 27th, 2019

 

1   Gn    9, 23|           e Jafé, porém, tomaram o manto, puseram-no sobre seus próprios
 2   Gn   25, 25|         era ruivo e peludo como um manto de pêlos, e lhe deram o
 3   Gn   49, 11|           sua roupa no vinho e seu manto no sangue das uvas.
 4   Ex   22, 25|           você tomar como penhor o manto do seu próximo, deverá devolvê-
 5   Ex   22, 26|          porque ele se cobre com o manto, que é a veste do seu corpo;
 6   Ex   28,  4|           um peitoral, um efod, um manto, uma túnica bordada, um
 7   Ex   28, 31|          Faça de púrpura violeta o manto do efod.
 8   Ex   28, 32|                      32 No meio do manto haverá uma abertura para
 9   Ex   28, 34|               34 Em toda a orla do manto haverá campainhas de ouro
10   Ex   28, 35|                 35 Aarão vestirá o manto ao oficiar, para que se
11   Ex   29,  5|       coloque em Aarão a túnica, o manto, o efod e o peitoral, e
12   Ex   39, 22|                22 Depois fizeram o manto do efod; era todo tecido
13   Ex   39, 23|            uma abertura no meio do manto, como a abertura de um colete.
14   Ex   39, 24|            24 Na parte inferior do manto colocaram romãs de púrpura
15   Ex   39, 26|        volta, na parte inferior do manto que se usava para o serviço
16   Lv    8,  7|            o cinto, vestiu-o com o manto e colocou nele o efod. Depois
17   Dt   22,  3|            mesmo com o asno, com o manto e com qualquer objeto perdido
18   Dt   22, 12|        borlas nas quatro pontas do manto com que você se cobrir.~
19   Dt   23,  1|         não retirar dela o pano do manto de seu pai.~Participação
20   Dt   24, 13|         para que ele durma com seu manto e abençoe você. Quanto a
21   Dt   27, 20|         pois retira dela o pano do manto do seu pai’. E todo o povo
22   Jz    4, 18|       tenda e Jael o cobriu com um manto.
23   Rt    3,  3|       banho, perfume-se, vista seu manto e  ao terreiro. Não deixe
24   Rt    3,  9|             sua serva. Estenda seu manto sobre mim, porque você tem
25   Rt    3, 15|           então lhe disse: «Abra o manto e o segure». Rute segurou
26   Rt    3, 15|            segure». Rute segurou o manto e Booz o encheu com uns
27  1Sm   15, 27|            Saul agarrou a barra do manto dele, rasgando o manto.
28  1Sm   15, 27|          do manto dele, rasgando o manto.
29  1Sm   18,  4|                  4 Jônatas tirou o manto que usava e o deu a Davi,
30  1Sm   19, 13|            e estendeu sobre ele um manto.
31  1Sm   21, 10|            Está ali embrulhada num manto, atrás do efod, a espada
32  1Sm   24,  5|       cortou um pedaço da barra do manto de Saul, sem que este percebesse.
33  1Sm   24,  6|      cortado um pedaço da barra do manto de Saul.
34  1Sm   24, 12|         minha mão um pedaço do seu manto; se eu lhe cortei a barra
35  1Sm   24, 12|           eu lhe cortei a barra do manto e não o matei, reconheça
36  1Sm   28, 14|           que sobe, vestido com um manto». Então Saul compreendeu
37  2Sm   20, 12|         cobriu o corpo dele com um manto, porque observou que todos
38  1Rs   11, 29|        Aías de Silo, que vestia um manto novo. Os dois estavam sozinhos
39  1Rs   11, 30|                  30 Aías pegou seu manto novo, o rasgou em doze pedaços,
40  1Rs   19, 13|         Elias cobriu o rosto com o manto, saiu e ficou na entrada
41  1Rs   19, 19|          perto de Eliseu e jogou o manto sobre ele.
42  2Rs    2,  8|              8 Então Elias pegou o manto, o enrolou e bateu com ele
43  2Rs    2, 13|                         13 Pegou o manto de Elias, que havia caído,
44  2Rs    2, 14|                     14 Segurando o manto de Elias, bateu com ele
45  2Rs    4, 39|      bravas, apanhou-as e encheu o manto. Ao chegar, cortou-as em
46  1Cr   15, 27|          dos carregadores, vestiam manto de linho fino. Davi vestia
47  1Cr   19,  4|        lhes a barba, cortou-lhes o manto pelo meio, na altura das
48  Esd    9,  3|     notícia, rasguei as roupas e o manto, arranquei os cabelos da
49  Esd    9,  5|       desolação e, com a roupa e o manto rasgados, caí de joelhos
50   Ne    5, 13|      Depois, sacudi a dobra do meu manto, e disse: «Que Deus sacuda
51  Est    8, 15|          grande coroa de ouro e um manto de linho e de púrpura vermelha.
52  1Mc    6, 15|            Entregou-lhe a coroa, o manto e o anel, a fim de que levasse
53  1Mc    8, 14|          nenhum deles usa coroa ou manto de púrpura para se engrandecer
54  1Mc   10, 20|            amigo». E lhe mandou um manto de púrpura e uma coroa de
55  1Mc   11, 58|         taças de ouro, de vestir o manto de púrpura e usar a fivela
56  1Mc   14, 43|         seu nome, e ele vestiria o manto de púrpura com ornamentos
57  2Mc    4, 38| imediatamente tirar de Andrônico o manto de púrpura, rasgar-lhe as
58  2Mc   12, 35|            Górgias, agarrou-o pelo manto e o foi arrastando com força,
59   Jo   29, 14|      túnica, e o direito era o meu manto e o meu turbante.
60   Sl   18, 12|             12  Das trevas fez seu manto, águas escuras e nuvens
61   Sl  104,  2|            envolto em luz como num manto, estendendo os céus como
62   Sl  104,  6|             Cobriste a terra com o manto do oceano, e as águas pousaram
63   Sl  109, 18|          se de maldição como de um manto: que ela penetre suas entranhas
64   Sl  109, 29|        vergonha os envolva como um manto. ~
65   Ct    5,  7|          feriram-me~e tomaram-me o manto~as sentinelas das muralhas!~
66 Eclo    6, 31|             31 Você a vestirá qual manto de glória, e a terá na cabeça
67   Is    3,  6|             e dirá: «Pelo menos um manto você tem. Seja nosso chefe,
68   Is    6,  1|            elevado. A barra do seu manto enchia o Templo.
69   Is    9,  5|           sobre o seu ombro está o manto real, e ele se chama «Conselheiro
70   Is   59, 17|           veste da vingança, e por manto envolveu-se na indignação.
71   Is   61, 10|          salvação, cobriu-me com o manto da justiça, como o noivo
72   Jr   43, 12|      pastor tira os piolhos do seu manto, e sairá daí em paz.
73   Br    4, 20|                         20 Tirei o manto da paz e vesti a roupa de
74   Br    5,  2|                          2 Vista o manto da justiça de Deus e ponha
75   Dn    5,  7|           interpretação, vestirá o manto vermelho com o cordão de
76   Dn    5, 16|         seu significado, vestirá o manto vermelho com o cordão de
77   Dn    5, 29|         mandou vestir Daniel com o manto vermelho e colocar-lhe o
78   Jn    3,  6|         levantou do trono, tirou o manto, vestiu um pano de saco
79   Mq    2,  8|           povo: de quem está sem o manto, vocês exigem a veste; a
80   Zc    8, 23|     pegarão um judeu pela barra do manto, dizendo: ‘Nós queremos
81   Zc   13,  4|   profecias, e não vestirão mais o manto de pêlo para contar mentiras.
82   Mt    5, 40|           a túnica, deixe também o manto!
83   Mt   24, 18|             não volte para pegar o manto.
84   Mt   27, 28|          dele, e o vestiram com um manto vermelho;
85   Mt   27, 31|            de Jesus, tiraram-lhe o manto vermelho, e o vestiram de
86   Mc   10, 50|                 50 O cego largou o manto, deu um pulo e foi até Jesus.
87   Mc   13, 16|             não volte para pegar o manto.
88   Mc   15, 17|           17 Vestiram Jesus com um manto vermelho, teceram uma coroa
89   Mc   15, 20|            de Jesus, tiraram-lhe o manto vermelho, o vestiram de
90   Lc    6, 29|        outra; se alguém lhe toma o manto, deixe que leve também a
91   Lc   22, 36|          não tiver espada, venda o manto para comprar uma.
92  Joa   13,  4|          levantou da mesa, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-
93  Joa   13, 12|         discípulos, Jesus vestiu o manto, sentou-se de novo e perguntou: «
94  Joa   19,  2|       Jesus. Vestiram Jesus com um manto vermelho.
95  Joa   19,  5|            a coroa de espinhos e o manto vermelho. Pilatos disse-
96  2Tm    4, 13|       Quando você vier, traga-me o manto que deixei em Trôade, na
97   Hb    1, 12|           tu os dobrarás como a um manto, e serão como veste que
98   Ap   19, 13|              13 Está vestido de um manto embebido em sangue, e é
99   Ap   19, 16|                              16 No manto e na coxa ele tem um nome

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COXA

segunda-feira, agosto 26th, 2019

 

 

** Gn   24,  2  e  Gn 24, 9

Gn 24, 1-9 O Juramento era feito colocando a mão sobre a caxa: É o mesmo gesto em 47,29, para tornar o juramento inquebrantável por um contato com as partes vitais. 

Casamento de Isaac -* Abraão era velho, de idade avançada, e Javé o havia abençoado em tudo.

Abraão disse ao servo mais velho de sua casaqueadministrava todas as suas propriedades: «Ponha a sua mão debaixo da minha coxajure por JavéDeus do céu e da terraque quando você buscaresposa para o meu filhonão a escolherá entre as filhas dos cananeus, no meio dos quais estou morandoMas irá à minha terra natal e aí escolheráuma esposa para o meu filho Isaac». servo perguntou: «E se a mulher não quiser vir comigo para esta terradeverei levar seu filho para o lugar de onde o senhor saiu?» Abraão lhe respondeu: «De jeito nenhumnão leve meu filho para lá. Javé, o Deus do céu e da terraque me tirou da casapaterna e da minha terra natal, e que jurou dar esta terra à minha descendência, ele enviará o seu anjo diante de você, e você poderá trazer uma esposapara meu filhoSe a mulher não quiser vir com vocêentão você ficará livre do juramento. Em todo casonão leve meu filho para lá».

servo colocou a mão sob a coxa de Abraão, seu patrão, e jurou que assim faria.

8   Gn   47, 29|      sua mão debaixo de minha coxa e prometa tratar-me com  

Últimas disposições de Jacó -* 27 Israel estabeleceu-se na terra do Egito, na região de Gessen. Aí adquiriu propriedadesmultiplicou-se e tornou-se muito numeroso28 Jacó viveu dezessete anos no Egito, e a duração da sua vida foi de cento e quarenta e sete anos.

29 Quando chegou para Israel a hora da morte, ele chamou seu filho José e lhe disse: «Se tenho o seu afetocoloque sua mão debaixo de minha coxa e prometa tratar-me com amor e fidelidadepeço-lhe que não me enterre no Egito30 Quando eu descansar com meus paisleve-me do Egito e me enterre no túmulo deles». José respondeu: «Farei o que o senhor está pedindo». 31 Seu pai insistiu: «Jure-me!» E José jurouEntão Israel inclinou-se na cabeceira da cama.

  Gn 32, 26| dominá-lo, o homem tocou a coxa dele, de modo que o tendão 
  Gn 32, 26| de modo que o tendão da coxa de Jacó se deslocou enquanto 
  Gn 32, 32| Fanuel e mancava por causa da coxa. 
  Gn 32, 33| que está na articulação da coxa: é porque aquele homem feriu 
  Gn 32, 33| feriu Jacó na articulação da coxa, no nervo ciático.~  

Gn 32, 23-33: Jacó luta com Deus -* 23 Nessa noiteJacó se levantoupegou suas duas mulheres, suas duas servas, seus onze filhos e atravessou o vau do Jaboc24 Jacóos pegou e os fez atravessar a torrente, com tudo o que possuía25 Jacó ficou sozinho. Um homem lutou com Jacó até o despertar da aurora26 Vendo que não conseguia dominá-lo, o homem tocou a coxa dele, de modo que o tendão da coxa de Jacó se deslocou enquanto lutava com ele. 27 Então o homem disse: «Solte-me, pois a aurora está chegando». Jacó respondeu: «Não o soltareienquanto você não me abençoar». 28 homem lhe perguntou: «Qual é o seu nome?» Ele respondeu: «Jacó». 29 homem continuou: «Você  não se chamará Jacómas Israelporque você lutou com Deus e com homens, e você venceu». 30 Jacó lhe perguntou: «Diga-me o seu nome». Mas ele respondeu: «Por que você quer saber o meu nome?» E aí mesmo o abençoou.

31 Jacó deu a esse lugar o nome de Fanueldizendo: «Eu vi Deus face a face e continuei vivo». 32 Ao nascer do solJacó atravessou Fanuel e mancava por causa da coxa33 Por issoaté hoje os israelitas não comem o nervo ciáticoque está na articulação da coxa: é porque aquele homem feriu Jacó na articulação da coxa, no nervo ciático.

 

9   Ex   29, 22|   gordura que os envolve, e a coxa direita, porque é o carneiro
10   Ex   29, 27|    foi apresentado e também a coxa da porção que foi tirada
11   Lv    7, 32|    vocês darão ao sacerdote a coxa direita.
12   Lv    7, 33|                          33 A coxa direita é a parte que caberá
13   Lv    7, 34| reservei para mim o peito e a coxa do tributo, e os dou ao
14   Lv    8, 25|      rins com sua gordura e a coxa direita.
15   Lv    8, 26|      tudo com as gorduras e a coxa direita.
16   Lv    9, 21|       de Javé com o peito e a coxa direita de cada vítima,
17   Lv   10, 14|       O peito apresentado e a coxa do tributo vocês comerão
18   Lv   10, 15|                          15 A coxa do tributo e o peito apresentado,
19   Nm    6, 20|     do peito apresentado e da coxa reservada. Em seguida, o
20   Nm   18, 18|       ritualmente, e também a coxa direita.
21   Sl   45,  4|   Prenda a sua espada junto à coxa, ó valente, com majestade

SALMO 45 (44) *

Defender a verdade e a justiça

1         Do mestre de cantoSobre a ária: «Os lírios…» Dos filhosde CoréPoemaCanto de amor.

2*       Meu coração transborda em belo poema. Eu dedico a minha obra a um rei. Minha língua é ágil pena de escritor.

3*       Você é o mais belo dos homens e a graça escorre de seus lábiosporque Deus o abençoa para sempre.

4         Prenda a sua espada junto à coxaó valente, com majestade e esplendor.

5         Cavalgue vitorioso, pela causa da verdade, da pobreza e da justiça.

Que sua direita lhe ensine a fazer proezas.

6         Suas flechas são agudas, os povos se rendem a você, e os inimigos do rei perdem a coragem.

7         Seu trono é de Deus, e permanece para sempre! O cetro do seu reino é cetro de retidão!

8         Você ama a justiça e odeia a injustiça: por isso o Senhorseu Deus o ungiu com perfume de festa, entre todos os seus companheiros.

9         Mirra e aloés perfumam as suas vestes, e o som das cordas o alegra nos palácios de marfim.

10*     Filhas de reis saem ao seu encontro. De , à sua direitaestá a rainha, ornada com ouro de Ofir.

11        Ouçafilhaveja e incline o seu ouvidoesqueça o seu povo e a casa de seu pai,

12        pois o rei se apaixonou por sua belezaProstre-se na frente delepois é o seu senhor!

13        cidade de Tiro vem com seus presentes, os povosmais ricos buscam o favor dele.

14        Entra agora a princesa, belíssimavestida com pérolas e brocados.

15        Eles a levam perante o rei, com séquito de virgens, e suas companheiras a seguem.

16        Com júbilo e alegria a conduzem, e elas entram no palácio real.

17        «Em lugar dos seus paisvirão seus filhos, e você os nomeará príncipes sobre toda a terra».

18        Vou comemorar o nome dele de geração em geração,

e os povos o louvarão, para sempre e eternamente.

22 Eclo   19, 12|      é como flecha fincada na coxa.~
23   Ez   24,  4|    dela, os melhores pedaços: coxa e lombo. Encha a panela
24   Ap   19, 16|              16 No manto e na coxa ele tem um nome escrito: «