GLOSSÁRIO EM MARCOS

 

GLOSSÁRIO EM MARCOS

 

ÁZIMOS:- Mc 14,1.12: Pão ázimo ou asmomatzo (ídichematzá (hebraico), מַצָּה, é um tipo de pão assado sem fermento, feito somente de farinha de trigo (ou de outros cereais como aveia,cevada e centeio) e água. A preparação da massa não deve exceder 18 minutos para garantir que a massa não fermente. De acordo com a tradição judaico-cristã, pão ázimo foi feito pelos israelitas antes da fuga do Antigo Egito, por que não houve tempo para esperar até a massa fermentar. (WP)

BELZEBU:- (Mc 3,22) Um dos nomes do diabo ou chefe dos demônios (Lc 11, 15-19); insultando Jesus (Mt 10,25); De um original Baal Zebul, deformado maliciosamente em Bel-zebub. (veja Satanás)

BLASFÊMIA:- (Mc 2,7; 3,28-29; 14,64) Consiste num ato de desprezo ou injúria a Deus, a seu nome, a sua fama, suas qualidades ou propriedades; geralmente é oral, por extensão ou implicitamente também em ação (Jó 1,11); negando sua atenção ou ação em assuntos humanos (Sl 10,11; Sl 94,7); ameaçando (Is 10,10s); violando a aliança (Dt 31,20). A blasfêmia é punida com a pena de morte (Lv 24,10-16).

CESAR:- (Mc 12,13-17) Nome próprio do primeiro ditador romano (Calígula), que se transmite e passa a significar imperador. Lc 2,1 menciona César Augusto a propósito do recenseamento; Jesus responde à pergunta sobre o tributo imperial (Lc 20,22-25); Pilatos arrisca perder sua amizade (Jo 19,12); Paulo apela a seu tribunal (At 25,11s).

COMPAIXÃO / MISERICÔRDIA:- (Mc 1,41; 5,34; 8,2)

CRISTO:- o TERMO SIGNIFICA Ungido = Messias. Primeiro é im adjetivo de título que se substantiva com o artigo: o Ungido por antonomásia, o rei messiânico. Mais tarde torna-se nome próprio de Jesus, só ou especialmente em formas compostas.

DALMANUTA:- Mc 8,10: Não se sabe,por certo até hoje onde se localiza Dalmanuta. Cidade na borda do mar da Galiléia, situada cinco quilômetros ao norte de Tiberíades (Mt 15.39). Em Mc 8.10 chama-se Dalmanuta. Ali residia aquela Maria, que, por causa do lugar, é chamada Maria Madalena ou Maria de Mágdala. O lugar acha-se identificado com a moderna vila de El-Mejdel.

DAVI:- Mc 3,25; 10,47-48; 11,10; 12,35-37;

DECÁPOLIS:- Dez cidades. Trata-se de uma confederação de cidades gregas, que se calcula terem sido dez, e que se estendiam por uma área que abrangia ambos os lados do Jordão, ao sul do mar da Galiléia e na direção do norte. Depois do ano 63 a.C. recebiam de Roma certos privilégios . Alguns doentes, que habitavam este território, foram curados por Jesus Cristo (Mt 4.25 – Mc 5.20 – 7.31). As dez cidades, segundo Plínio, eram Damasco, Filadélfia, Rafana, Citópolis (Bete-Seã), Gadara, Hipos, Diom, Pela, Gerasa e Canata. Nos tempos de Jesus Cristo continham estas cidades grandes populações, na sua maior parte gregas, vivendo em prosperidade.

DEMÔNIO:- (Mc 1,32-34;

DESERTO:- (Mc 1,3;

DIABO:- (Marcos não usa esta palavra)

DOENÇA:-

DOUTORES DA LEI:- Também chamados ESCRIBAS

ELIAS:-

ESCÂNDALO:-

ESCRITURA:-

ESPÍRITO:-

EVANGELHO:-

FARISEUS:-

FILHO:-

FILHOS DE DEUS:-

FOGO:

JACÓ:- Mc 12,26

GALILÉIA:-

GERASENOS (Mc 5,1), gergesen, gadarenos-:  Eram os habitantes de Gádara e do território circunvizinho. Segundo  Mateus (8.28), foi na ‘terra dos gadarenos’ que Jesus curou o homem, possuído de espirito imundo, permitindo que os demônios entrassem numa manada de porcos. A exata situação do milagre era provavelmente uma cidade, chamada Kersa, cujas ruínas ainda existem na embocadura de Wady Semack. Está perto da praia, nas faldas de um alto monte, sendo na encosta deste que estão aqueles túmulos, donde parece terem saído os dois endemoninhados para encontrarem Jesus. o lago está tão perto da base do monte que os porcos, a correr desordenadamente, não puderam parar, precipitando-se deste modo na água, e morrendo afogados. A cidade de Kersa (ou Gerasa) pode, segundo sugere Mateus, ter sido incluída no território de Gádara. Nas três narrações do fato há a variante ‘gerasenos’.

GLÓRIA:- (9,38

GUERRA:-

HERANÇA:-

HERODES:-

HORA / TEMPO:-

INFERNO:-

ISAAC:- Mc 12,26

JEJUM:-

JERUSALÉM:-

JOÃO:-

LEGIÃO:-

LEI:-

LEPRA:-

MAR:

MARIA:-

MEMÓRIA:-

MESSIAS:-

MESTRE:-

MIDRAXE:-

MILAGRES:-

MOISÉS:-

MUNDO:-

NOME:-

NOVO:-

NÚMEROS:-

NUVEM:-

OBRAS:-

PAGÃOS:-

PARÁBOLA:-

PÁSCOA (dos judeus X 6):- Mc 14,1. 12. 12. 14. 16; 15,6

PAZ:-

PEDRA:-

PENITÊNCIA / CONVERSÃO

PROFETA:-

PUBLICANO:-

PUREZA / IMPUREZA:-

RABI:-

REINO:-

RESSURREIÇÃO:-

RESSUSCITAR:-

ROMA:-

SÁBADO:-

SACERDOTES:-

SADUCEUS:-

SALVAÇÃO:-

SAMARITANOS:-

SANTUÁRIO:-

SEGREDO MESSIANÍCO:-

SENHOR:-

SERPENTE:-

SETENTA:-

SINAGOGA:-

SINAL:-

SINÓTICOS:-

SUMO SACERDOTE:-

TARGUM:-

TEMOR DE DEUS:-

TEMPLO:-

TEMPO:-

TENTAÇÃO:-

TERRA:-

TESTAMENTO:-

TIRO e SIDONIA:- Eram cidades na FENÍCIA cuja população na antiguidade eram os cananeus.

TRADIÇÃO:-

TRANSFIGURAÇÃO:-

TREVAS:-

UNÇÃO:-

VESTE:-

Por que as Pessoas na Bíblia Rasgaram as Vestes?

Na leitura da Bíblia é comum encontrar versículos que dizem que alguém rasgou as suas vestes. Qual o significado deste costume? O que podemos aprender para os dias de hoje?

A prática de rasgar as roupas, nas culturas orientais, mostrava emoções fortes, geralmente angústia, tristeza ou remorso. Podemos observar estes sentimentos nos contextos de vários trechos que falam deste ato.

Quando um mensageiro foi falar para Eli que a arca da aliança foi perdida e os filhos do sacerdote, mortos, ele chegou com suas vestes rasgadas (1 Samuel 4:12).

Quando Davi ouviu a notícia que Absalão havia matado os outros filhos do rei (embora tivesse morrido somente Amnon), ele e as pessoas que estavam com ele rasgaram as roupas (2 Samuel 13:31).

Quando os oficiais do governo de Judá ficaram perturbados com as ameaças dos assírios, foram ao rei com suas vestes rasgadas (2 Reis 18:37).

O sumo sacerdote mostrou ultraje quando Jesus afirmou a sua divindade, rasgando as próprias roupas e acusando o Filho de Deus de blasfêmia (Mateus 26:65).

Josias percebeu que o povo não estava obedecendo ao Senhor e rasgou suas vestes como sinal de angústia e de remorso. Deus aceitou este comportamento como sinal de seu arrependimento e ouviu sua oração (2 Reis 22:11,18-20).

O mesmo ato por Esdras mostrou seus sentimentos de vergonha e remorso quando soube do pecado do povo em fazer casamentos com os povos pagãos. Ele foi orar a Deus com as vestes rasgadas (Esdras 9).

É especialmente nestes últimos casos citados que encontramos uma lição importante. Deus não olha para as roupas rasgadas, embora tenham refletido os sentimentos das pessoas angustiadas e arrependidas. Num livro que avisa bastante sobre a vinda de castigo divino, Deus falou o que ele realmente quer dos pecadores: “Ainda assim, agora mesmo, diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, com choro e com pranto. Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor, vosso Deus…” (Joel 2:12-13).

Hoje, não temos o costume de rasgar as nossas roupas, mas devemos chegar a Deus com corações quebrantados e arrependidos!

–por Dennis Allan

——————–

http://www.estudosdabiblia.net/bd14_12.htm

VIÚVA

 

CARNE, VIVER SEGUNDO A CARNE OU VIVER SEGUNDO OS INSTINTOS EGOÍSTAS:-Rm 7,5:  Os «instintos egoístas» (literalmente «carne») são os desejos e projetos do homem fechado no seu egoísmo, fonte de todos os pecados: é a vida do homem voltado para si mesmo, colocando tudo a serviço dos próprios caprichos e interesses. Daí nascem a corrupção das relações humanas e a promoção de um sistema social que institucionaliza as relações injustas, nas quais um homem explora e oprime o outro. O regime novo do Espírito é bem o contrário: a exemplo de Jesus Cristo, o homem não vive mais para si, mas para Deus e para o bem do outro. O projeto de Deus, que é justiça e fraternidade entre os homens, torna-se o projeto de uma nova ordem social, e esta supera o sistema injusto.  Gl 5,16-18: As expressões «segundo o Espírito» e «segundo os instintos egoístas» (lit.: carne) não designam duas partes do homem, e sim duas orientações diferentes de comportamento: «segundo o Espírito» é a orientação do amor, que leva o homem a servir o outro; «segundo os instintos egoístas» é a orientação do egoísmo, que leva o homem a servir a si mesmo.

 

**********

MAPA DA PALESTINA

 ÍNDICE GERAL -EVANGELHO DE MARCOS

  Responsável por este trabalho

    Xavier Cutajar

            xacute@uol.com.br       http://xacute1.com

Leave a Reply