MÊS DA BÍBLIA

MÊS DA BÍBLIA

HISTÓRICO

 

2020 - O LIVRO DO DEUTERONÔMIO

*********

2019 - A PRIMEIRA CARTA DE JOÃO

aviary-image-1565449742525

 *********

2018 – O LIVRO DA SABEDORIAA JUSTIÇA É IMORTAL

Screenshot_20190218-200655_Google

**********

2017 – PRIMEIRA CARTA AOS TESSALONISENSES

Anunciar o Evangelho e doar a própria vida, para que em Cristo nosso povos tenham vida

Leia Mais no Blog: OBSERVATÓRIO BÍBLICO

 

Mês da Bíblia 2016: o profeta Miqueias

Mês da Bíblia 2015: O Evangelho de João

Mês da Bíblia 2014: O Evangelho de Mateus

Mês da Bíblia 2012: O Evangelho de Marcos

Mês da Bíblia 2011: Êxodo

Mês da Bíblia 2010: Jonas

Mês da Bíblia 2007: Gênesis

Mês da Bíblia 2006: Eclesiastes

 

 

Como nasceu o Mês da Bíblia?

O Mês da Bíblia surgiu em 1971, por ocasião do cinquentenário da Arquidiocese de Belo Horizonte, Minas Gerais. Foi levado adiante com a colaboração efetiva do Serviço de Animação Bíblica – Paulinas (SAB), até posteriormente ser assumido pela Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) e estender-se ao âmbito nacional.

Objetivos

– Contribuir para o desenvolvimento das diversas formas de presença da Bíblia, na ação evangelizadora da Igreja, no Brasil;
– Criar subsídios bíblicos nas diferentes formas de comunicação;
– Facilitar o diálogo criativo e transformador entre a Palavra, a pessoa e as comunidades.

Histórico do Mês da Bíblia

1971: A celebração do Mês da Bíblia, na Arquidiocese de Belo Horizonte por sugestão e coordenação das Irmãs Paulinas, do Pe. Antonio Gonçalves e de outras pessoas.
1976: Foram visitadas 30 dioceses de Minas Gerais e Espírito Santo propondo o Mês da Bíblia como opção de evangelização, em continuidade à Campanha da Fraternidade.
1978: O Mês da Bíblia se estendeu, oficialmente, ao Regional Leste 2 da CNBB, Minas Gerais e Espírito Santo, e a muitas outras dioceses do Brasil.
1985: Animado pelo Serviço de Animação Bíblica – SAB, o Mês da Bíblia se estendeu a todo o Brasil e a outros países da América Latina.
1997: Com o projeto “Rumo ao Novo Milênio” (RNM), foi proposto o estudo dos quatro Evangelhos, no decorrer do ano.
2001 – 2003: Prosseguiu com o Projeto “Ser Igreja no Novo Milênio”.
2004 – 2007: Continuou com o Projeto “Queremos ver Jesus”.
2008 – 2010: Prosseguiu com Projeto Brasil na Missão Continental “A alegria de ser discípulo/a missionário/a”.
2011: Continua com o Projeto “Brasil na Missão Continental” e de Iniciação à Vida Cristã.

Temas do Mês da Bíblia de 1971 a 2013

01) 1971 Bíblia, Jesus Cristo está aqui
02) 1972 Deus acredita em você
03) 1973 Deus continua acreditando em você
04) 1974 Bíblia, muito mais nova do que você pensa
05) 1975 Bíblia, palavra nossa de cada dia
06) 1976 Bíblia, Deus caminhando com a gente
07) 1977 Com a Bíblia em nosso lar, nossa vida vai mudar
08) 1978 Como encontrar justiça e paz? O livro de Amós
09) 1979 Bíblia, o livro da criação – Gn 1-11
10) 1980 Buscamos uma nova terra – História de José do Egito
11) 1981 Que todos tenham vida! – Carta aberta de Tiago
12) 1982 Que sabedoria é esta? – As Parábolas
13) 1983 Esperança de um povo que luta – O apocalipse de São João
14) 1984 O caminho pela Palavra – Os atos dos Apóstolos
15) 1985 Rute, uma história da Bíblia – Livro de Rute
16) 1986 Bíblia, livro da Aliança – Êxodo 19-24
17) 1987 Homem de Deus, homem do povo – profeta Elias
18) 1988 Salmos, a oração do povo que luta – O livro dos Salmos
19) 1989 Jesus: palavra e pão – Evangelho de João, cap 6
20) 1990 Mulheres celebrando a libertação
21) 1991 Paulo, trabalhador e evangelizador – Vida e viagens de Paulo
22) 1992 Jeremias, profeta desde jovem – Livro de Jeremias
23) 1993 A força do povo peregrino sem lar, sem terra – 1ª Carta de Pedro
24) 1994 Cântico: uma poesia de amor – Cântico dos Cânticos
25) 1995 Com Jesus na contramão – o Evangelho de Marcos
26) 1996 Jó, o povo sofredor – Livro de Jó
27) 1997 Curso Bíblico Popular – Evangelho de Marcos
28) 1998 Curso Bíblico Popular – Evangelho de Lucas
29) 1999 Curso Bíblico Popular – Evangelho de Mateus
30) 2000 Curso Bíblico Evangelho segundo João: luz para as Comunidades
31) 2001 Curso Bíblico Atos dos Apóstolos, capítulos de 1 a 15
32) 2002 Curso Bíblico Atos dos Apóstolos, capítulos 16 a 28
33) 2003 Curso Bíblico Popular – Cartas de Pedro
34) 2004 Curso Bíblico Popular – Oséias e Mateus
35) 2005 Curso Bíblico Popular – Uma releitura do II e III Isaías
36) 2006 Come teu pão com alegria – Eclesiastes
37) 2007 Deus viu tudo o que tinha feito: e era muito bom – Gênesis
38) 2008 A Caridade sustenta a Comunidade – Primeira Carta aos Coríntios
39) 2009 A alegria de servir no amor e na gratuidade – Carta aos Filipenses
40) 2010 Levanta-te e vai à grande cidade – Introdução ao estudo do profeta Jonas
41) 2011 Travessia: passo a passo, o caminho se faz (Ex 15,22-18,27) com o lema “Aproximai-vos do Senhor” (Ex 16,9)
41) 2012 Discípulos missionários a partir do evangelho de Marcos
42) 2013 Discípulos missionários a partir do Evangelho de Lucas – Lema: Alegrai-vos comigo, encontrei o que estava perdido (Lc 15)
43) 2014 Discípulos missionários a partir do Evangelho de Mateus – Lema: Ide, ensinai e fazei discípulos (cf. Mt 28,18-19)
44) 2015 Discípulos e Missionários a partir do Evangelho de João. – Lema: Permanecei no meu amor para dar muitos frutos. (Cf. Jo 15,8-9)
45) 2016 Para que n’Ele nossos povos tenham vida – Livro de Miquéias
46) 2017 Para que n’Ele nossos povos tenham vida – Primeira carta aos Tessalonicenses
47) 2018 Para que n’Ele nossos povos tenham vida – Livro da Sabedoria
48) 2019 Para que n’Ele nossos povos tenham vida – Primeira Carta de João

49) 2020 Para que nele nossos povos tenham vida – Livro do Deutoronômio

Louvamos e agradecemos a Deus por estes anos de compreensão, vivência e anúncio da Palavra de Deus. Deixemo-nos guiar pelo Espírito Santo para podermos cada vez mais amá-La (cf. Verbum Domini, 5).

———–

https://paulinascursos.com/sab/mes-da-biblia/historico-do-mes-da-biblia/

 

 

Ensaio de uma metodologia pastoral e as contribuições de José Comblin

O texto trata sobre uma metodologia pastoral – em diálogo com José Comblin, no contexto latino-americano – que visa a uma ação para transformação e libertação das pessoas. É…

Por Miguel Debiasi

 

A vida em comunidade nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2019-2023)

Introdução Foi na 57a Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, realizada em Aparecida-SP, de 1º a 10 de maio de 2019, que as Diretrizes para a Ação Evangelizadora da…

Por Pe. Eliseu Wisniewski, cm

Da Lei de Moisés à justiça do Reino, na teologia de Mateus

A catequese de Mateus, escrita num contexto de conflito, contrapõe duas teologias. A primeira, defendida pelos escribas e fariseus, centra-se na Lei de Moisés e sua interpretação. A segunda,…

Por Jaldemir Vitório

A ética de Jesus

Introdução Para que uma ética seja cristã, necessita ir à fonte, que é Jesus. Pelos relatos neotestamentários e pelo testemunho da Igreja, constata-se que a ética de Jesus se…

Por Pe. Darci Luiz Marin

Paulo Apóstolo e a evangelização no mundo urbano

Introdução O ambiente nos forma. Foi assim com Paulo! Ele é pessoa de cidade: nasce em Tarso, forma-se em Jerusalém, passa sua vida sob o domínio de Roma, Damasco…

Por Tea Frigerio

Publicado em setembro-outubro de 2016 – ano 57 – número 311

Introdução ao livro do profeta Miqueias

Defesa da família: casa e terra  Miqueias, termo hebraico que pode ser traduzido por “quem como Javé?”, uma espécie de aclamação litúrgica, nasceu em Morasti – aldeia situada no…

Por Maria Antônia Marques

Publicado em setembro-outubro de 2016 – ano 57 – número 311

A profecia está a serviço de quem?

Uma leitura de Miqueias 3,5-8 No dia 22 de janeiro de 2016, Edmilson Alves da Silva, 45 anos, um dirigente sem-terra, na cidade de Japaratinga, litoral norte de Alagoas,…

Por Shigeyuki Nakanose, svd

Publicado em setembro-outubro de 2016 – ano 57 – número 311

Defesa da família: casa e terra

Uma leitura de Miqueias 2,1-3.6-11 O profeta Miqueias, de Morasti, da Shefelá, uma das regiões mais férteis do reino do Sul, defronta-se com os ricos e com os dirigentes…

Por Equipe do Centro Bíblico Verbo

Publicado em setembro-outubro de 2016 – ano 57 – número 311

Jesus: a misericórdia em movimento

Em cada um dos textos evangélicos, podemos contemplar detalhes relacionados não apenas ao conteúdo, mas, sobretudo, ao método utilizado por Jesus em seu ministério público. A cada situação concreta…

Por Celso Loraschi

 

Publicado em julho-agosto de 2015 – ano 56 – número 304

A linhagem de Maria de Nazaré na Sagrada Escritura

A Lumen Gentium faz várias alusões a Maria de Nazaré na linhagem das mulheres do Antigo Testamento e de toda a humanidade. Inspirada nessas ideias, falamos das grandes mães…

Por Lina Boff, smr

Publicado em edição especial – 1º centenário dos paulinos – ano 55 – número 300

Comunidade de comunidades: Evangelização e cultura do encontro. Impulsos para uma Agenda Pastoral

A cultura do encontro é, segundo o papa Francisco, avessa ao “assédio espiritual”. A paciência de escutar e servir é mais importante do que a fala normativa e imperativa…

Por Paulo Suess

Publicado em maio-junho de 2012 – ano 53 – número 284

A Ressurreição de Cristo e a compreensão da Ressurreição hoje

1. Toda a nossa fé se baseia na ressurreição A fé na ressurreição é base e fundamento da fé cristã. Sem ela, a fé cristã seria simplesmente mais uma…

Por Renold Blank

Publicado em novembro-dezembro de 2012 – ano 53 – número 287 – (pp. 3-10)

Vaticano II: cinquenta anos depois

1. Antes do Concílio A maioria dos bispos que chegaram ao Concílio Vaticano II não entendiam por que e para que haviam sido convocados. Não tinham projetos. Pensavam como…

Por Pe. José Comblin

Publicado em setembro-outubro de 2012 – ano 53 – número 286

A misericórdia de Deus é sem fronteiras: O encontro de Jesus com a mulher siro-fenícia (Mc 7,24-30)

No tempo de Jesus, havia muitas leis que separavam as pessoas. As leis da pureza determinavam quem estava mais próximo de Deus e quem estava mais distante. Uma pessoa…

Por Centro Bíblico Verbo

Publicado em janeiro-fevereiro de 2011 – ano 52 – número 276

SUS, um Sistema fundado na solidariedade e na equidade, e seus desafios

  Introdução Entende-se que um sistema de saúde seja resultante das condições econômicas e sociais do país, bem como da ideologia e dos valores éticos prevalentes na sociedade, e…

Por Paulo Antonio de Carvalho Fortes

Publicado em julho-agosto de 2011 – ano 52 – número 279

Só se salva e ganha a vida eterna quem aceita Jesus? nesse caso, só os cristãos serão salvos?

Quando a pergunta vem viciada, a resposta já fica comprometida. A vida eterna não é uma realidade independente, que existe como uma coisa que se ganha ou se perde…

Por Pe. J. B. Libanio, sj

Publicado em julho-agosto de 2011 – ano 52 – número 279

Paróquia, rede de comunidades

INTRODUÇÃO Até o século V aproximadamente, a sede da diocese contava apenas com a Igreja central, onde o bispo com seus presbíteros e diáconos exerciam as funções sagradas –…

Por Pe. Pedro F. Bassini

 

 

 

 

 

 

 

Artigos

Leave a Reply