SÁBADO

SÁBADO

 

Na Escritura Sagrada (AT) O SÁBADO É o sétimo dia da semana, consagrado a Deus porque após os seis dias da criação o Criador descansou (Gn 2,2s).

Era um dia festivo (Ex 16,4s.14s.16-36; 35,1-3; Is 1,13; Os 2,13), no qual o israelita se abstinha de qualquer trabalho (Ex 20,8-11; Ez 46,1-12; 20,12) e se dedicava à oração (cf. Ex 31,13; Nm 15,32-36; 1Mc 2,32-41 e notas).

Sábado é também o dia do anúncio dos bens futuros, escatológicos (Is 56,1-6; 58,13s; 66,22s; Jr 17,19-27; Ez 44,1-12).

Mas, quando Cristo veio, o jugo dos fariseus fizera do sábado um dia de escravidão (Mt 12,1-14; At 1,12; Lc 6,6; 13,10-17; Jo 5,9-18; 7,21-24; 9,14-16).

 

Cristo transforma o sábado no dia da sepultura (Lc 23,53s; Jo 19,31-42) e fixa para o dia seguinte -domingo -o dia da Ressurreição, da libertação, da nova criação (Mc 16,2-9; Jo 20,1.19).

 

O domingo é o dia em que o Senhor se manifesta (Jo 20,16.26) e transmite o seu perdão (Jo 20,19-23). É o dia da reunião da comunidade cristã (At 20,7; 1Cor 16,2). Por isso, o sétimo dia no qual o cristão repousa e se dedica à oração é o domingo (At 20,7; Ap 1,10 e nota). Ver “Domingo”, “Culto”, “Festa”. ”

 - Bíblia Católica Online

 Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/dicionario-biblico/18/

Marcos usa a palavra Sábado 12 vezes (e mais uma vês no apêndice: 16,9).

**SÁBADO (12 vezes + 1 vez no apêndice 16,9)
Mc    1, 21   2, 23;   2, 24;   2, 27;     2, 27;   2, 28;
      3,  2;   3,  4;    6,  2;  15, 42;   16,  1;  16,  2

No Cap 16, 1-2 usa o Sábado duas vezes (a maioria das traduções só menciona uma vez) mostrando que o Sábado, com toda sua carga de escravidão, já passou. Agora é “o primeiro dia da semana” em que Jesus ressuscitou e que mais tarde ficou sendo chamado “Domingo”.


Veja onde aparece as 12 citações da palavra SÁBADO

1,21 Foram à cidade de Cafarnaum e, no SÁBADO(1/12),  logo entrou na sinagoga e começou a ensinar.

 

2,23 Num dia de SÁBADO(2/12), Ele estava passando por uns campos de trigo.

Os discípulos iam abrindo caminho, e arrancando as espigas.

 

2,24 Então os fariseus lhe perguntaram:

“Vê: por que estão fazendo o que não é permitido em dia de SÁBADO(3/12)?”

 

2,27  E Ele acrescentou:

“O SÁBADO(4/12) foi feito para servir ao homem,  e não o homem para servir ao SÁBADO(5/12)

 

2,28 Portanto, o FILHO DO HOMEM é Senhor até mesmo do SÁBADO(6/12).”

 

3,2 Havia aí algumas pessoas espiando, para verem se Ele ia curá-lo em dia de SÁBADO(7/12), e assim poderem acusá-lo.

 

3,4 E perguntou lhes: “O que é que a Lei permite no SÁBADO(8/12):

fazer o bem ou fazer o mal, salvar uma vida ou matá-la?” Mas eles não disseram nada.

 

6,2 Quando chegou o SÁBADO(9/12), Começou a ensinar na sinagoga. Muitos que o ouviam ficavam admirados e diziam:

“De onde vem tudo isso? Onde foi que arranjou tanta sabedoria? E esses milagres que são realizados pelas mãos dele?

 

15,42 Ao entardecer, como era o dia da Preparação, isto é, a véspera do SÁBADO(10/12),

 

16,1 Quando o SÁBADO(11/12) passou, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram perfumes para ungir o seu corpo.

 

16,2   E bem cedo no primeiro dia após o SÁBADO(12/12),  ao nascer do sol, elas foram ao túmulo.

No apêndice

16,9 Ora tendo ressuscitado na madrugada do primeiro dia após o SÁBADO(13/12),

JESUS apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios.

 

Leave a Reply