MONTE DAS OLIVEIRAS

Monte das Oliveiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Monte das Oliveiras é um monte situado a leste da Cidade Antiga de Jerusalém

Recebe seu nome pelas oliveiras que cobriam, antigamente, suas encostas. O Monte das Oliveiras é sagrado para judeuscristãos e muçulmanos, e muitas tradições estão associadas a ele. Segundo a Bíblia, por exemplo, Jesus teria transmitido ali alguns de seus ensinamentos (Atos 1:12).

A altura do Monte das Oliveiras e as vistas espetaculares que ele apresenta para a Cidade Antiga de Jerusalém e para o Monte do Templo fizeram com que alguns dos mapas e ilustrações mais realistas da região na Antiguidade fossem feitos dos seus cumes. No Monte das Oliveiras está situado o jardim do Getsêmani.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Monte_das_Oliveiras

Mount of Olives 4
.
.
 MONTE DAS OLIVEIRAS

Durante os tempos bíblicos, o Monte das Oliveiras era coberto por oliveiras antigas, sendo uma montanha ao norte do Monte Sião com vistas deslumbrantes da Cidade Velha, da cidade de Davi e do Vale do Cédron.

Neste local, Jesus encorajou os Seus discípulos e deu as suas instruções para depois que Ele fosse crucificado (Mateus 24).

Jesus passou a noite no local antes de ser preso, nos Jardins do Getsêmani. Foi nesse monte que Jesus chorou sobre Jerusalém. “Quando Jesus chegou perto de Jerusalém e viu a cidade, chorou com pena dela”. (Lucas 19:41)

Logo abaixo do Monte das Oliveiras, próximo à Igreja de Todas as Nações, há um local onde a tradição cristã diz que Maria, a mãe de Jesus, foi sepultada. A Igreja de Todas as Nações é uma Igreja Católica Romana, tida como o local em que Jesus rezou antes de ser preso.

No sopé do Monte das Oliveiras há um antigo olival. As oliveiras não têm anéis, portanto sua idade não pode ser determinada com precisão, mas estudiosos estimam que elas podem ter entre mil e dois mil anos de idade.

Durante a época do Primeiro e do Segundo Templos, o Monte das Oliveiras era o local usado pelo sumo sacerdote para sacrificar e queimar a “Novilha Vermelha”, cujas cinzas purificam aqueles que são impuros no Templo. O Cemitério Judaico do Monte das Oliveiras teve seu início no período do Primeiro Templo. No entanto, os atuais túmulos existentes por lá são datados do século XVI em diante. Deve-se levar em conta que este monte não é apenas uma ligação geográfica entre o deserto e as colinas férteis de Jerusalém. Ele também representa o elo espiritual entre o céu e a terra, ou entre a vida e a morte. Muitas pessoas têm o desejo de serem enterradas no Monte das Oliveiras, onde se espera a chegada do Messias.

Fonte: http://www.land-of-the-bible.com/pt/node/406

 

**********

MAPA DA PALESTINA

 ÍNDICE GERAL -EVANGELHO DE MARCOS

  Responsável por este trabalho

    Xavier Cutajar

            xacute@uol.com.br       http://xacute1.com

 

Leave a Reply