COISAS DE DEUS/HOMENS

COISAS DE DEUS E COISAS DOS HOMENS

VONTADE DE DEUS E VONTADE DOS HOMENS

 

(Mc 3,35; 8,33; 10,27;  11,28-33, 12,14)

(Cf. Cl 3,2) (Roda-pé: Rm 7,1-6; Gl 5,16)

 

11,28  Perguntaram:

“Com que autoridade (6/10) fazes tais coisas?

Quem te deu autoridade (7/10) para fazer isso?”

29 JESUS respondeu:

“Vou lhes dizer só uma palavra:

Respondam-me, e eu direi com que autoridade (8/10) faço isso.

30         O batismo de João (Batista) vinha do céu ou dos homens?

Respondam-me.”

31 Eles comentavam entre si:

“Se respondemos que vinha do céu, ele vai dizer:

‘Então, por que vocês não acreditaram nele?’

32         Devemos então dizer que vinha dos homens?”

Mas eles tinham medo da MULTIDÃO (33/35),

porque todos consideravam João como realmente profeta.

33 Então eles responderam a JESUS:

“Não sabemos.”

E JESUS disse:

“Pois eu também não vou dizer a vocês

com que autoridade (9/10) faço essas coisas.”

 

14,58 dizendo: “Nós o ouvimos dizer:

‘Vou destruir esse templo (9/10) feito por homens,

e em três dias construirei um outro,

que não será feito pelos homens!’”

 

Cl 3,2 Pensem nas coisas do alto, e não nas coisas da terra.

BP – Rom  7,1-6: Os «instintos egoístas» (literalmente «carne») são os desejos e projetos do homem fechado no seu egoísmo, fonte de todos os pecados: é a vida do homem voltado para si mesmo, colocando tudo a serviço dos próprios caprichos e interesses. Daí nascem a corrupção das relações humanas e a promoção de um sistema social que institucionaliza as relações injustas, nas quais um homem explora e oprime o outro. O regime novo do Espírito é bem o contrário: a exemplo de Jesus Cristo, o homem não vive mais para si, mas para Deus e para o bem do outro. O projeto de Deus, que é justiça e fraternidade entre os homens, torna-se o projeto de uma nova ordem social, e esta supera o sistema injusto. (Roda-pé)

 

BP Rom 7, 14-25: Usando o artifício de falar em primeira pessoa, Paulo convida cada um de nós a olhar para si mesmo e para a sociedade, a fim de descobrir o drama que se desenrola dentro da condição humana. O homem está dividido entre o egoísmo e o amor, entre servir a si mesmo e servir aos outros. Mas o egoísmo predomina e, através da presença e da ação de cada um, acaba se alastrando e pervertendo as relações sociais. A sociedade torna-se então desumana, injusta e perversa. Quem poderá nos libertar desse «corpo de morte»? (Roda-pé)

 

Galera 5,16-18: As expressões «segundo o Espírito» e «segundo os instintos egoístas» (lit.: carne) não designam duas partes do homem, e sim duas orientações diferentes de comportamento: «segundo o Espírito» é a orientação do amor, que leva o homem a servir o outro; «segundo os instintos egoístas» é a orientação do egoísmo, que leva o homem a servir a si mesmo. Roda-pé

 

O que é  a Vontade de Deus?

Rom 12, 1-2

O culto autêntico  -* 1 Irmãos, pela misericórdia de Deus, peço que vocês ofereçam os próprios corpos como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus. Esse é o culto autêntico de vocês. 2 Não se amoldem às estruturas deste mundo, mas transformem-se pela renovação da mente, a fim de distinguir qual é a vontade de Deus: o que é bom, o que é agradável a ele, o que é perfeito.

Leave a Reply