LÚCIFER – ESTRELA DA MANHA

LÚCIFER = ESTRELA DA MANHA

(Página em construção)

Em Isaías 14, 12 a palavra  hebraica  (lleäyhe“Helel”  foi traduzida pela Vulgata (tradução em Latim) como Lúcifer. Assim todas as traduções feitas da Vulgata ficaram com a tradução Lúcifer.

Pelas outras traduções (veja em baixo) a palavra hebraica (lleäyhe)“Helel” foi traduzida  como  “astro brilhante”, “luzeiro da aurora”,  “estrela da manha” ou “estrela d´alva” entendendo o planeta Vênus que brilha muito forte a noite inteira mais que as outras estrelas e persiste de manha cedo enquanto as outras estrelas somem com a aurora ele continua brilhando mas depois  também some rápidamente..

O Profeta Isaias comparou a queda do rei Nabucodonosor, realmente um  rei poderoso, famoso, e grande conquistador à Estrela da manha (Lúcifer). Assim como a Estrela da manha brilha mais  de todas as outras estrelas, assim foi Nabucodonosor. Mas sua queda foi rápida, como some rápido esta estrela da manhã (planeta Vênus no céu).

No livro do Apocalipse,  escrito em grego, encontramos a  estrela da manha em dois lugares:

**no cap 2,26-28, escrevendo à comunidade de Tiatira, o Filho de Deus, promete ao vencedor, ao que observar a sua conduta até o fim, dar autoridade sobre as nações e governar com cetro de ferro, podendo quebrar as nações como vasos de barro.  – “Vou dar ao Vencedor também a estrela da manhã”.

**no cap  22, 16, na conclusão do livro Jesus chama a si mesmo como sendo  esta ESTRELA DA MANHA.  “Eu, Jesus, enviei o meu anjo,. Ele atestou para vocês todas  estas coisas a respeito das igrejas. Eu sou o Rebento da família de Davi, a brilhante estrela da manhã.”

 

Alguns “padres” da Igreja na era patrística interpretaram a palavra estrela da manha = Lúcifer como sendo o príncipe dos demônios, o anjo rebelde que no apocalipse seria o dragão = a antiga serpente, = o diabo ou satanás expulso do céu junto com seus anjos. (Ap 12, 9)  Hoje no universo mental do nosso povo, Lúcifer seria o diabo.

 

Conclusão: a estrela da manha (=Lúcifer)  não tem nada a ver com anjo rebelde e nem com Príncipe dos Demônios. A palavra Lúcifer significava no seu sentido original, bíblico,  a estrela da manhã, a estrela que mais brilha no céu a noite que seria então o próprio Jesus.

 

 

Verifica a tradução feita em várias bíblias com as devidas explicações no roda-pé.

 

**Na Bíblia do Pelegrino (Editora Paulus) – 1997

Is 14, 12 –“Como caíste do céu

                                                  luzeiro da aurora,

e estás abatido por terra,

agressor de nações?”

Nota do roda-pé: O título “Luzeiro da aurora” é de ascendência mítica: é o Vênus matutuna venerada como divindade celeste. Título divino ironicamente atribuído ao que jaz entre vermes.

 

**Na Bíblia de Jerusalém (Editora Paulus) – 1985

Is 14, 12 – “Como caíste do céu,

Ó estrela d´alvafilho da aurora!

Como foste atirado à terra,

Vencedor das nações!

Nota do roda-pé: Os vv. 12-15 parecem inspirar-se num modelo fenício. Em todo caso, eles apresentam vários pontos de contato com os poemas de Rãs-Shamra: a estrela d´alva e a aurora são duas figuras divinas; Os Padres (na época patrística) interpretaram a queda da estrela dalva (Vulg., “Lúcifer”) como a do príncipe dos demônios.

 

**Na Bíblia TEB – tradução ecumênica  (Editora Loyola) – 1994

Is 14, 12 – Oh! Vieste a cair do céu,

Astro brilhante, Filho da Aurora!

Foste precipitado por terra,

Tu que subjugavas as nações.

Nota do roda-pé: O nome do personagem interpelado (helel ben shyãhar, traduzido por: “Lúcifer” na Vulgata) vem de uma raiz que significa  ser, luminoso, brilhante (em árabe, o hilal  é a lua nova).  O autor do poema refere-se com certeza a uma tradição mitológica: nos textos de Ugarit, o deusAttar (Vênus??), concorrente de Báal, sofreu uma queda semelhante  à de Helel aqui, mas é difícil ver nos vv. 12-15 um simples decalque do mito cananeu. Ezequiel, em sua sátira contra o rie de Tiro (Ez 28, 2-12), faz alusão a um mito análogo. No mundo grego, conhece-se o mito de Faeton ( o brilhante), filho de Eos (a aurora). O mito de seres celestes decaídos, parece, portanto, ter sido amplamente conhecido no mundo mediterrâneo antido, e a literatura judeu-helenistica lhe dará novos desenvolvimentos.

 

**Bíblia Ave Maria (editora Ave-Maria) – 1957

Is 14, 12 – “Então! Caiste dos céus,

Astro brilhante, filho da aurora!

Então!  foste abatido por terra,

Tu que prostravas as nações!”

Nota do roda-pé: Astro brilhante: Daí vem o nome Lúcifer, dado a Satã.

 

**Na Bíblia Pastoral (Editora Paulus) – 1990

Is 14, 12- Como é que você caiu do céu,

Estrela da manha, filho da aurora?

Como é que você foi jogado por terra

Agressor das nações?

Nota do roda-pé: Sátira feroz, celebrando a queda e morte de um opresor. Trata-se, provavelmente, de um texto escrito contra Nabucodonosor, rei da Babilônia no tempo do exílio. Os poderosos oprimem outros povos e pensam ser donos do mundo, como se fossem deuses. Para eles, Javé planejou um fim humilhante. Mas, a civilização desumanizante que eles constroem está condenada à ruína, ao desaparecimento total.

 

**Na Bíblia italiana – La Bíblia – a cura dei Gesuiti della Civilta Cattolica e di S. Fedele – Milano (1974)

Is 14,12 – “Como mai sei caduto dal cielo,

Lucífero, filio dell´aurora?

Como mai sei stato steso a terra,

Signore di popoli?”

Nota do roda-pé: Lucifero: il pianeta Venere al mattino, símbolo del tiranno di cui se parla.

 

Leia o artigo do Pe. Quevedo sobre LÚCIFER OU A ESTRELA DA MANHA

Leia o artigo do Pe. Quevedo sobre: Quem é SATÃ no Antigo Testamento.

Volta ENGANAR

Leia a interpretação de Pe. Oscar Quevedo sobre o ENDEMONINHADO DE GERASA (Mc 5,1-20)

Leia de Pe. Oscar Quevedo sobre a POSSESSÃO DEMONIACA: DOGMA DE FÉ?

Você sabe quem é LÚCIFER na bíblia?

veja DEMÔNIOS em Marcos

VEJA TAMBÉM: MALIGNOSATANÁSDIABOTENTADORSERPENTEDEMÔNIO,

ANTICRISTOENGANARLÚCIFER

 

******************

ÍNDICE GERAL DO APOCALIPSE

Responsável por este trabalho:

Xavier Cutajar

xacute@uol.com.br       http://xacute1.com

Leave a Reply